domingo, 27 de fevereiro de 2011

COMO MONTAR UM GRILO ELETRONICO

O som intermitente de um grilo pode ser obtido com facilidade com dois osciladores de baixa freqüência, um modulando o outro. É justamente essa a configuração que adotamos, empregando para isso dois circuitos integrados 555.

O circuito mostrado tem um consumo extremamente baixo, podendo ser alimentado por pilhas, ou bateria com grande autonomia, e usa como transdutor um do tipo piezoelétrico de alta impedância.

Como se trata de montagem didática, a sua elaboração pode ter por base uma matriz de contatos ou mesmo uma placa universal com o mesmo padrão.

Como Funciona

O primeiro oscilador, formado por CI1 consiste em um astável 555, onde a freqüência depende tanto do capacitor C1 como dos dois resistores associados: R1, e R2. Esses componentes já foram calculados para resultar no som que imita o grilo, mas dependendo das tolerâncias podem ser exigidas pequenas alterações para se obter o máximo de realismo.

Esse oscilador modula um segundo oscilador aplicando o sinal retangular produzido no pino 4 de um outro 555. A freqüência deste outro oscilador é determinada por R3 e R4, além do capacitor C2. Poderão ser necessárias também pequenas alterações nos valores de tais componentes no sentido de se conseguir maior realismo.

Assim, teremos na saída do segundo 555 um sinal modulado bastante agudo, semelhante ao trinado de um grilo. Esse sinal é aplicado no transdutor piezoelétrico que faz sua reprodução.

O consumo de cada CI é da ordem de 1 mA, o que resulta em um consumo total muito baixo para o aparelho, garantindo desse modo excelente durabilidade para as pilhas ou bateria.

Montagem



ESQUEMA JA MONTADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário